Consejos|

Conhecer o volume de uma piscina é muito importante porque dependerá da escolha de bomba, filtro e escumadores, bem como da quantidade de produtos químicos a aplicar para a desinfectar. Antes de se ocupar da manutenção da sua piscina precisa de saber o seu volume exacto: aqui veremos como calculá-lo fácil e rapidamente.

Como o colume da piscina depenserá da forma da piscina, podemos identificar os seguintes casos:

  • Piscina rectangular
  • Piscina oval
  • Piscina circular
  • Piscina de forma irregular

Para calcular o volume precisamos das medidas da piscina, comprimento, largura e profundidade. A profundidade é a dimensão fundamentalmente para conhecer o volume de uma piscina. Se a sua piscina tem uma prifundidade uniforme, só precisa de medir a distância entre o fundo e a borda (altura). Mas se, como na maioria das piscinas, a profundidade na sua piscina aumenta gradualmente, terá de medir a profundidade mínima (onde o nível da água é o mais baixo) e a profundidade máxima (onde o nível da água é o mais alto) para calcular a profundidade média.

Profundidade Média = (Profundidade Mínima + Profundidade Máxima)/2

Volume = Área Base x Profundidade Média

Recordemos alguns conceitos matemáticos relativos ao cálculo da área de um rectângulo, de um círculo e de uma elipse.

areas figuras planas1

Cálcular o volume de uma piscina rectângular

Para este caso particular é como calcular o volume de um prisma rectangular onde a altura é a profundidade média e a área da base é a de um rectângulo.

Volume = Área do rectângulo x profundidade média

Cálculo do volume de uma piscina oval

Em piscinas ovais a nossa base é praticamente uma elipse, depois para calcular o volume que interditamos:

Volume = Área da elipse x profundidade média

Cálcular o volumen de uma piscina circular

Para este caso, como a base é um círculo, teremos o volume multiplicando a área do círculo pela profundidade média, teremos o volume da piscina.

Volume = Área do círculo x profundidade média

Cálcular o volumen de uma piscina irregular

Estes são os casos mais complexos, mas é apenas uma questão de senso comun. É necessário dividir a piscina em secçoes regulares e calcular o volume de cada uma delas. Neste caso particular, é como uma piscina oval à qual acrescentámos uma secção rectangular. Seria calcular os dois volumes para ter o volume total.

Conclusão

Agora que conhece o volume da sua piscina, pode começar a prepará-la para a época. Isto é algo que precisa sempre de ser feito após um longo período de não utilização, pois microrganismos (bactérias, vírus, fungos e algas) estão constantemente a ser adicionados à água, e há uma série de tarefas que terá de realizar para os eliminar antes do início da estação.

Comentarios fechados